Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dicere Aude

Ousa dizê-lo, ousa partilhá-lo! Não porque pretendo incendiar o mundo, mas porque pretendo deixar o meu coração incendiar-se.. e lentamente deixar fluir um pouco por palavras aquilo que me vai dentro, no pensamento e no coração! Escrever é isso!

Dicere Aude

Ousa dizê-lo, ousa partilhá-lo! Não porque pretendo incendiar o mundo, mas porque pretendo deixar o meu coração incendiar-se.. e lentamente deixar fluir um pouco por palavras aquilo que me vai dentro, no pensamento e no coração! Escrever é isso!

Nome

–        What’s in a name? – Disse Julieta.

–        Que importa que o meu nome seja este ou aquele?

Disse o Físico Prodigioso

 

Nas ondas da identidade

Esta carga que me define

Quem sou…

Interrogava-me… Percebi…

 

Parte da história

Criada e definida

Por um nome…

Por um nome que não escolhi,

Impregnado em mim ao nascer

Que carrego como parte de mim

Até ao final dos meus dias

Parte de mim marcado

Até à Eternidade!

 

Um nome…

Um nome que não escolhi,

Mas que me define

 

– What’s in a name? – disse Julieta.

Que força é essa, que me delimita e me forma?

Um significado além…

Além das forças da identidade

 

Um nome…

Um nome que não escolhi,

Impregnado em mim até à Eternidade!

 

–        Que importa que o meu nome seja este ou aquele?

Disse o Físico Prodigioso

Que o meu eu não seja delimitado

Delimitado, por um nome

Por um nome que não escolhi!

 

Jocilene Lima 10-06-2013

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.