Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dicere Aude

Ousa dizê-lo, ousa partilhá-lo! Não porque pretendo incendiar o mundo, mas porque pretendo deixar o meu coração incendiar-se.. e lentamente deixar fluir um pouco por palavras aquilo que me vai dentro, no pensamento e no coração! Escrever é isso!

Dicere Aude

Ousa dizê-lo, ousa partilhá-lo! Não porque pretendo incendiar o mundo, mas porque pretendo deixar o meu coração incendiar-se.. e lentamente deixar fluir um pouco por palavras aquilo que me vai dentro, no pensamento e no coração! Escrever é isso!

a esteira...

 

Num canto,

A luz ténue do candeeiro

E um perfume suave a jasmim

Que (a) invade

 

No centro, a esteira

Teu kimono que percorre suave o teu corpo,

Deslizando até mim!

 

Jocilene Lima, 16/02/2015

 

transferir (1).jpg

 

This is not a translation, just an English Haiku based on the poem above, inspired by a friend Haiku on the Goodreads:

 

In a twilit room, a mat
And a scent of cherry blossoms
Invading. To the ground

Komorebi’s kimono
Slides over her body, smoothly

esta barreira...

Teus olhos me querem cativar

Desprezo…

Teu toque tenta seduzir-me

Repulsa

Quando tu vens

Eu vou

E nesta teia de encontros e desencontros

Esta barreira

Não vês, não sentes?

Esta sede, este ardor?

 

Jocilene Lima, 16/02/2015