Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dicere Aude

Ousa dizê-lo, ousa partilhá-lo! Não porque pretendo incendiar o mundo, mas porque pretendo deixar o meu coração incendiar-se.. e lentamente deixar fluir um pouco por palavras aquilo que me vai dentro, no pensamento e no coração! Escrever é isso!

Dicere Aude

Ousa dizê-lo, ousa partilhá-lo! Não porque pretendo incendiar o mundo, mas porque pretendo deixar o meu coração incendiar-se.. e lentamente deixar fluir um pouco por palavras aquilo que me vai dentro, no pensamento e no coração! Escrever é isso!

Cabo Verde

Mindelo

 

 

Místico arquipélago do atlântico

Englobas os mais profundos mistérios

De tempos antigos a tempos recentes

Histórias, lendas, tradições…

Fazendo a tua gente

 

Barlavento

 

Em ti desenvolve-se a arte do saber

És a porta para o mundo

Em ti a literatura encontra a sua fonte

As tuas doces ilhas inspiram mornas

Que as suas melodias

Fazem serenatas inesquecíveis

Que brilham e suavizam o luar

 

Sotavento

 

Quando o corpo quer mexer

Busca as tuas raízes

Porque em ti a dança assume

O seu ritmo mais mexido

De ti a nossa gastronomia

Cathupa, djeguecida…

E o vinho para brindar!

 

Santo Antão

 

Ilha maravilhosa e misteriosa

Na tua encantadora natureza

Deus mostrou o seu poder e a sua beleza

Ilha das puras águas nascentes

Das montanhas verdejantes

Dos vales férteis

De sotaque único

Do nosso grogue

Das festas de romaria

Que nos traz alegria

 

São Vicente

 

Monte Cara faz o teu forte

Porto grande a tua sorte

Monte Verde e os demais

A tua sensibilidade

No teu seio,

Passaram, descansaram e inspiraram

Os homens mais ilustres

E quão agitada são as tuas noites!

 

Santa Luzia

 

És uma ténue luz no vasto oceano

Na tua desertidão paira a paz

Não és símbolo de solidão

Mas sinal de soledade

Quem te percorre entende

As dificuldades do dia-a-dia

Quem não o faz não sente

Quão belo é o sol poente

No mar imenso!

 

São Nicolau

 

Fonte de vocações e sabedoria

Dos cabo-verdianos alegria

Gente simples e maravilhosa

Comida saborosa

Quem de ti inspirou a ti salvou

Vem e ensina os caminhos da medicina

Através das tuas raras plantas

 

Sal

 

O sabor que tu nos dás é único

Especial e insubstituível

Ainda que com pouca doçura

Conservas o maior temperamento

Que nos tira do isolamento

Levando-nos para mais longe

A mundos distantes

De sonho, harmonia e sofrimento

Como são belas as tuas praias!

 

Boa Vista

 

És a vista maravilhosa do arquipélago

Tuas dunas e tuas palmeiras

Fazem sonhar e encantar

De ti os nossos animais

Que de estimação

Para nós os conservais

 

Maio

 

Que há de se dizer de ti

Ficas perto de uma das grandes

E a mais pequena te sentes

Um dia hás-de mostrar

Que talentos escondes

 

Santiago

 

Fazes a história e a cultura

De ti a tradição

Por ti a perdição

Batuque e funaná faz o teu ritmo

Que conservas no teu intimo

Que não se perde

Nem com a evolução

 

Fogo

 

És o nosso coração

Que explode de paixão

Grandes vinhas cultivas

Grandes vinhos envias

 

Brava

 

Ai se não existisses

Que seria dos apaixonados

Que com as tuas flores

Deixam todos encantados

Da rosa ao girassol

Todas as cores

Todos os gostos

E todos os amores

 

Ilhéus

 

Constituis a nossa coroa

De oito lindas estrelas

Completando a nossa beleza

E toda a nossa realeza

Atraís todas as aves

Em vós descansam gente simples

Para com alegria

Continuar a luta

Para vencer o dia-a-dia

 

Cabo Verde

 

Que seria de mim

Se de ti não nascesse

E por ti não vivesse

 

Jocilene Lima, poema dos meus 15 anos